terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

PaJeon – Um santo remédio contra a gripe


Tem dias que você acorda e já sabe que vai gripar?
Bem vindo ao clube! Eu também sou assim. E hoje acordei achando que a gripe está a minha espreita. Ficou louco quando isso acontece porque me incomoda a garganta arranhando, o nariz escorrendo – e aquela tosse de cachorro, insuportável, é o fim!
Todo mundo fala que repouso e muito líquido é um santo remédio para a gripe. E que para prevenir, muita vitamina C resolve – sem contar as inúmeras receitinhas de remédios caseiros que surgem aqui e acolá garantindo que, supostamente, vão mandar a gripe para as cucuias – uma infinidade de tipos de mel (de abelha, de cupim, de beterraba, com própolis, hortelã, etc.) e lambedores cheios de coisas fortes (como alho, gengibre, casca de um pau sei lá de onde, uma raiz de sei lá o quê, etc., etc., etc.). Esse tipo de mistura não agrada todo mundo. E é pensando nisso que hoje este post, além de trazer a recita de uma gostosura, mostrará ela como uma fonte “inesperada” de um medicamento - gostoso para combater a gripe (será que eu tô viajando demais?).
Enquanto escrevo estou ouvindo PSI – aquele rapper coreano famoso por sua dancinha do cavalo 'Gangnam Style' (a música dá um clima. Pois vem da Coreia a receita de hoje).
Uma comidinha típica coreana, muito popular por sua simplicidade, e que está virando febre entre aqueles que gostam de comida asiática, o PaJeon, é bem mais do que parece ser. Trata-se de uma espécie de panqueca, que pra mim mais se assemelha com uma fritada, feita em porções pequenas, e que  pode ser feita com as sobras de tudo que você tem na geladeira.


A tradição coreana associa o PaJeon aos dias chuvosos – pelo fato de que você os pode preparar com tudo que tem na geladeira, sem precisar de  ir à rua comprar ingredientes.
Contudo, o mais interessante, desta receita é que os coreanos também associam o PaJeon como um protetor contra gripes, sobretudo pelos dias chuvosos, devido a grande quantidade de vitamina C contida em um ingrediente imprescindível para o preparo: a cebolinha.
 Não é incrível?! Eu adoro cebolinha, mas nunca tinha ouvido falar que cebolinha em quantidade ajuda a combater gripes. A possibilidade de comer PaJeon me deixa contente porque eu adoro – e fico ainda mais feliz, porque agora sei que é um “santo remédio” – e se pode fugir da tradicional canja de galinha contra resfriado hehhehehe.

Entendendo melhor o PaJeon:

PA = cebolinha, o ingrediente que predominante nesta receita, mesmo que você agregue outros ingredientes do seu gosto, como por exemplo, frutos do mar, tofu, ostras, etc.

JEON = panqueca, logo, as receitas Coreanas terminadas em Jeon são sempre algum tipo de bolinho, panquequinha ou fritadinha.

O que podemos fazer:

HaeMul PaJeon = HaeMul (frutos do mar) Pa (cebolinhas) Jeon (panqueca)



DuBu PaJeon = DuBu (tofu)  Pa (cebolinhas) Jeon (panqueca)



Gul PaJeon = Gul (ostra) Pa (cebolinhas) Jeon (panqueca)



OJingEo Pajeon = OJingEo (lula) Pa (cebolinhas) Jeon (panqueca)


E se a panqueca coreana não tiver as cebolinhas, o nome muda:

BuChu Jeon = BuChu (broto de alho) Jeon (panqueca)



KimChi Jeon = KimChi (Kimchi) Jeon (panqueca)



AeHoBak Jeon = AeHoBak (abobrinha) Jeon (panqueca)


Agora você tem uma ótima desculpa pra preparar esta delícia – a de que é um remedinho de prevenção contra a gripe. Corre pra cozinha e vai cuidar da saúde – antes que o desejo te mate de fome.


PAJEON

1 xícara de farinha de trigo (poderá substituir 
1/4 de xíc. por farinha de arroz para uma textura mais "puxa")
1 xícara de água
1 ovo
1/2 colher de chá de sal
1/3 de uma cebola, fatiada
80g de cebolinhas cortadas em pedaços de uns 5 cm
um pedaço de uns 2 cm de uma pimenta vermelha fresca (opcional)
1/3 de um pimentão vermelho cortado em fatias finas
óleo para untar a frigideira

Preparo: Prepare os vegetais. Corte-os em pedaços largos. Em uma tigela, misture bem a farinha, sal, ovo e água, usando um batedor de arame (fouet). Vai ficar uma massa mais mole do que a panqueca americana, porém mais grossa do que massa de crepe. Junte os vegetais e misture. Aqueça umas 2 colheres de sopa de óleo numa frigideira. Coloque porções de massa, usando uma concha, para fazer as panquecas em porções individuais. Outra alternativa seria espalhar massa pelo fundo todo da frigideira e fazer panquecas grandes e depois cortá-las em pedaços. Frite por alguns minutos em fogo médio até corar por baixo. Vire com uma espátula e deixe corar do outro lado. Sirva com molho à parte.


Sugestão de molho para acompanhamento

2 colheres de sopa de molho de soja
2 colheres de sopa de água
Pimenta vermelha em flocos a gosto (opcional)
1 dente de alho amassado
1 colher de chá de açúcar
1 colher de chá de óleo de gergelim
1 colher de chá de semente de gergelim
1/2 colher de sopa de cebolinha verde picadinha

Preparo: Misture tudo em uma tigelinha.


Um comentário: